Merlottis Calhas
Domingo, 29 de Novembro de 2020
Classificados

Santa Bárbara entra na fase verde do Plano São Paulo de controle da pandemia

Após 130 dias, Plano passa por nova recalibragem de indicadores, áreas de monitoramento e normas de abertura do comércio. A reclassificação vale de sábado (10) e até o dia 16 de novembro.

 

O Governador João Doria anunciou na sexta-feira (9) o avanço da Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté para a fase verde do Plano São Paulo de controle da pandemia e retomada consciente de atividades econômicas não essenciais.

“Agora, 76% da população do estado segue para a fase verde do Plano São Paulo, incluindo a capital”, afirmou o Governador. “Essas regiões terão um pouco menos de restrições no seu dia a dia, de acordo com as indicações do Plano São Paulo”.

Pela primeira vez, é alcançada a penúltima fase mais branda de uma escala de cinco etapas do Plano São Paulo. A reclassificação vale de sábado (10) e até o dia 16 de novembro. Na fase verde, o rol de permissões para atendimento presencial com restrições de acesso e protocolos sanitários é ampliado para atividades culturais, convenções e eventos sociais ou de negócios.

Agora, a evolução da pandemia será considerada na comparação entre as o total de novos casos, internações e e óbitos dos últimos 28 dias e os 28 dias anteriores. Antes, eram comparados em espaços de sete dias.

Outra mudança amplia o horário de funcionamento do atendimento presencial de oito para dez horas diárias na fase amarela. A capacidade máxima de público, entretanto, continua mantida em 40% – exceto academias, com limite de 30%. Nas regiões que avançaram para a fase verde, o atendimento local pode ser feito por até 12 horas diárias, com máximo de 60% da capacidade para todos os setores liberados.

Para bares, restaurantes e demais estabelecimentos com consumo local de alimentos e bebidas, o atendimento presencial é permitido entre 6h e 22h, desde que respeitados os limites de dez horas de expediente na fase amarela e 12 horas na fase verde. Em ambas, os estabelecimentos com funcionamento noturno deverão fechar as portas às 22h, mas podem autorizar a permanência de clientes que já estão no local até as 23h.

Atividades que gerem aglomeração, tais como festas, baladas, presença de torcedores em eventos esportivos e grandes shows com público em pé continuam proibidas em todos os 645 municípios de São Paulo. A liberação só deve acontecer em eventual avanço para a fase azul ou após a disponibilização de uma vacina contra o coronavírus. (Fonte: Governo de SP).

1

Jornal Virtual

Jornal Digital

Patrocinadores

Anúncios

Rua Joaquim de Oliveira - 718 - Centro - CEP: 13450-038 - Santa Bárbara d'Oeste- SP


Telefone: (19) 3463-1920 ou 3455-2437
Desenvolvido por