Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

16/07/2019 10:33:13
Imprimir

Deficiente visual busca superar obstáculos no atletismo

 

            Maria Alani Inacio dos Santos, 15 anos, é a mais nova atleta da SBAtletismo/Seme. Há aproximadamente um mês a jovem integra a equipe paralímpica de Santa Bárbara d’Oeste. E logo no inicio já conquistou duas medalhas de ouro nas provas dos 200 e 400 metros rasos na classe T11 (visual total) e também campeã por equipe feminino paralímpica nos Jogos Regionais da 4ª Região Esportiva do Estado realizados em Americana.

            Maria Alani tem uma historia de superação muito grande. Em dezembro de 2017, aos 13 anos deixou a cidade de Assare, no Ceará, juntamente com um familiar para tentar uma vida melhor no estado de São Paulo. Primeiro foi morar com uma irmã na cidade de Tupi Paulista para cuidar de um sobrinho de cinco anos enquanto sua irmã trabalhava.

Fevereiro de 2018, Maria Alani e sua irmã se transferem para a cidade de Piracicaba, onde Maria morou até abril de 2019 e depois disso veio para Santa Barbara d’Oeste.

Maria Alani é a quarta de cinco irmãos e os pais ainda moram no Ceará com o restante da família. Nesse período em que Maria morou com uma das irmãs em Piracicaba começou a perceber que algo estava estranho com sua visão. Porém a irmã não deu importância para o problema.

Maria Alini, que sentia muitas dores nos olhos, entrou em depressão, se mutilava, tentou por três vezes acabar com sua própria vida. A irmã, por falta de conhecimento, não dava importância para os sintomas que ela estava sentindo, achava que era motivo para fugir das obrigações.

Na ultima tentativa de suicídio, no hospital, surgiu uma desconhecida que começou a ajuda-lá e levando-a para morar na sua casa, onde Maria permaneceu por nove meses. Então iniciou consultas com um médico que constatou glaucoma juvenil e que já havia perdido totalmente uma parte da visão.

Devido ao quadro em que a Maria se encontrava, essa mulher, até então desconhecida, começou a cuidar da garota; não somente na questão do glaucoma juvenil, mas no quadro depressivo.

Janeiro de 2019, a doença já estava bem avançada, não foi possível reverter o quadro e infelizmente Maria Alini ficou totalmente cega. Hoje mora com outra irmã, Antônia.

Além da irmã aqui em Santa Bárbara, Maria conheceu Silvana, anjo que tem feito a diferença em sua vida, ajudando com que a garota prossiga sua vida da melhor maneira possível, apesar de tudo.

Silvana procurou ajuda do vereador Joi Fornasari, também deficiente visual total, que além de toda sua experiência e superação após sua deficiência visual, também está auxiliando para que Maria Alani supere todas essas dificuldades.

Joi, primeiro atleta paralímpico da SBAtletismo/Seme, desde 2009, também indicou para a equipe a Maria, que há cerca de um mês já está treinando junto com os demais atletas.

“Maria Alani participou dos Jogos Regionais de Americana, conquistou duas medalhas de ouro para o Município (200 e 400 metros rasos), classificou-se para os Jogos Abertos de Marilia, ajudou a equipe feminina paralímpica a ser campeã dos Regionais. Eu e o treinador Carlos Alberto Sachetto, estamos surpreendidos pelos bons resultados da Maria em tão pouco tempo de treinamento. Vimos nela um potencial enorme no atletismo, joia rara, que irá despontar muito em breve; somente precisa ter o tempo de lapidação e no que depender de nós, creio que dela também, muito em breve ela estará entre as melhores velocistas do País!!!” comentou Leandra Piveta, que também é técnica da equipe.

“No Ceará, Maria participava da fanfarra, na baliza, tocava sanfona, andava a cavalo, participava do forro tradicional do nordeste, tinha uma vida bem cheia e agitada. Apesar de tudo é muito extrovertida, comunicativa, alegre e inteligente. Também tem muita vontade, garra pra enfrentar novos desafios, hoje, além dos treinamentos esportivos, voltou a estudar e está cursando o 9º ano na EE Juvelina de Oliveira Rodrigues iniciando o aprendizado em braile com a professora Diva (também deficiente visual) na EE Coronel Luis Alves e também canta hinos na igreja a qual frequenta”, finalizou Leandra.

Maria Alani tem superado, a cada dia, todos seus traumas e dificuldades apesar dos seus 15 anos apenas. Tem sido exemplo de superação e garra!!!

Imprimir

Jornal Virtual

Jornal Digital

Patrocinadores

Anúncios

Rua Joaquim de Oliveira - 718 - Centro - CEP: 13450-038 - Santa Bárbara d'Oeste- SP


Telefone: (19) 3463-1920 ou 3455-2437
Desenvolvido por