Merlottis Calhas
Domingo, 12 de Julho de 2020

30/06/2020 09:07:00
Imprimir

ONG vai gerenciar museu na Estação Ferroviária de Nova Odessa

O prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza assinou o contrato de concessão com a ONG Amigos do Museu Ferroviário Paulista, que ficará responsável pela criação de um museu na antiga estação ferroviária de Nova Odessa.

 

O local terá biblioteca, área para ferromodelismo e um espaço multicultural que contará um pouco da história de formação da cidade e permitirá a realização de exposições e apresentações artísticas.

“Nova Odessa dá mais um grande passo na área cultural com esse projeto piloto. Teremos aqui na Estação Ferroviária, um local com grande significado para a nossa cidade, um lindo museu. Preservar a história e a cultura de um povo é o seu maior patrimônio. Preservá-la é resgatar a história e perpetuar valores. As nossas raízes, cultura, memória e história são fatores fundamentais de preservação, para que não se cometa os mesmos erros do passado”, disse o prefeito.

 

O projeto faz parte do processo de revitalização da Praça Central. “A Estação já recebeu a nossa biblioteca, foi palco de várias atividades culturais e vem sendo usada todos os anos no projeto “Um Sonho de Natal”, que atrai milhares de visitantes todos os anos. Agora, com a criação deste museu, tenho certeza que estaremos ampliando o nosso leque de atrações para os turistas”, reforçou Bill.

Alexandre Valdes, presidente da ONG Amigos do Museu Ferroviário Paulista, explica que a ideia é criar um museu que seja referência e se torne um grande ponto turístico no Estado. “Queremos mostrar a importância da ferrovia para o desenvolvimento de São Paulo, sua atual situação de decadência e como ela pode alavancar o crescimento do país”, explicou. “Inicialmente, faremos uma revisão no edifício e, em seguida, iniciaremos as melhorias, com troca de fechaduras e instalação de alarme. Depois, vamos mexer nas partes hidráulica, elétrica e em outros pontos necessários para tornar o prédio mais seguro e próximo da configuração original”, adiantou Valdes.

Além de transformar a estação e um espaço de resgate histórico e cultural, a ONG quer ampliar o potencial turístico da cidade, que voltou ao Mapa do Turismo Brasileiro em 2019 após seis anos. “Já temos mais de 200 peças para o acervo do museu, incluindo bilhetes, quadros, brasões, livros, mapas, lustres, plantas de estações e de cabines de controle”, afirmou o presidente da associação. “Desde a criação da organização, estamos captando patrocinadores e estamos buscando um trem, que seria uma das principais atrações.”

CONCESSÃO. O contrato terá validade inicial de 12 meses e vai transferir a responsabilidade de gestão e manutenção da estação à ONG. A Prefeitura de Nova Odessa obteve autorização da Superintendência do Patrimônio da União para cessão do imóvel e conversão em espaço cultural em 2014. A mudança na documentação foi necessária porque a cessão anterior previa o uso da estação apenas como sede da Guarda Civil Municipal, instalada desde 2013 em um prédio na Praça Ângelo Paulon.

 

COLABORE. Quem quiser fazer doações de material ferroviário à ONG ou contribuir de outras formas com a formação do museu pode entrar em contato pelos telefones (11) 95551-3174 e (19) 99779-5570 e pelo e-mail: museuferroviariopaulista@gmail.com.

Imprimir

Jornal Virtual

Jornal Digital

Patrocinadores

Anúncios

Rua Joaquim de Oliveira - 718 - Centro - CEP: 13450-038 - Santa Bárbara d'Oeste- SP


Telefone: (19) 3463-1920 ou 3455-2437
Desenvolvido por